Sindjus participa de evento inaugural do projeto Saúde Mental em Movimento do TJDFT

A solenidade marcou o início da Semana de Conscientização da Saúde Mental que ocorre até dia 1º de fevereiro e tem total apoio do Sindjus

Vamos falar sobre saúde mental? Segundo o Censo do Poder Judiciário, realizado em 2023, 47,9% dos servidores afirmaram sofrer de ansiedade e 37,4%, de estresse, enquanto 18,1%, utilizam medicamentos regulares para esses fins. Com base nesses números alarmantes, a Coordenadoria de Planejamento e Promoção da Saúde (Coplas/Sesa) do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), com apoio do Sindjus, encampou o Janeiro Branco. A campanha reúne uma série de ações alusivas ao tema.

Participaram do evento os coordenadores gerais Costa Neto e Abdias Trajano; a coordenadora de integração sociocultural Soninha Cardoso, e o diretor suplente Francisco Xavier.

Para o coordenador-geral do Sindjus e servidor do TJDFT, Abdias Trajano, os dados são alarmantes. “Nosso sindicato se preocupa com a saúde dos servidores, incluindo a saúde mental, e tem atuado em defesa de melhores remunerações e condições de trabalho, bem como de investimentos na saúde e qualidade de vida do servidor”, destacou Abdias durante discurso no evento inaugural que abriu a Semana de Conscientização da Saúde Mental no TJDFT, na última segunda-feira (29/01).

Trajano alertou que a saúde mental no serviço público não deve ser negligenciada, pois impacta diretamente na qualidade de vida, no desempenho profissional e na satisfação dos servidores públicos. “É importante que haja políticas públicas voltadas para a promoção, prevenção e assistência à saúde mental dos servidores, bem como ações de conscientização e capacitação sobre o tema, como está acontecendo aqui agora, com a semana de conscientização da saúde mental promovida pelo TJDFT”, disse.

Durante o discurso, Abdias Trajano também reforçou que a alta demanda de trabalho, a cobrança de metas cada vez mais excessivas, a pressão por resultados, a falta de reconhecimento, o assédio moral e a violência no ambiente laboral, dentre outros fatores, podem afetar negativamente a saúde mental dos servidores, gerando, por exemplo, ansiedade, depressão, burnout, insônia, irritabilidade, baixa autoestima.

O coordenador-geral reforçou ser fundamental que os servidores busquem apoio profissional quando necessário, adotando hábitos saudáveis, mantendo uma rede de apoio social e buscando equilibrar as demandas do trabalho e da vida pessoal. “O Sindjus está à disposição da Administração do TJDFT para trabalhar conjuntamente pela promoção do bem-estar e da qualidade de vida dos servidores”, finaliza Abdias Trajano.

Também compuseram a mesa: o presidente do TJDFT, desembargador Cruz Macedo; o desembargador J.J. Costa Carvalho; o secretário de Saúde do TJDFT, Tomaz de Aquino; a coordenadora de Planejamento e Promoção da Saúde, Adriana Cruz; e a integrante do Núcleo Psicossocial Institucional, Elizângela Roque.

As ações não param por aí! Confira a programação do evento e participe:

  • 29/1 às 16h – Abertura do evento e lançamento do Projeto Saúde em Movimento com palestra da psicóloga Luciana Pelegrinelli do NUPSI – Tema: “Lidando com as Emoções”. A mesa de abertura será composta pelo Corregedor, Desembargador J.J. Costa Carvalho; pelo Dr. Tomaz de Aquino, da Secretaria de Saúde (SESA); e pela servidora Elizângela Roque, do NUPSI.
  • 30/1 às 16h – Webinar com dr. Robson Carneiro do Numed – Tema: “Saúde Mental no atual contexto da Organização do Trabalho” (on-line pelo TEAMS)
  • 31/1 às 17h – Webinar com a psicóloga convidada Luiza Casado, do Espaço Sintonia – Tema: “Equilíbrio entre vida e trabalho: limites e possibilidades” (on-line pelo TEAMS)
  • 1°/2 às 17h – Webinar e meditação guiada com Diogo – Tema: “Meditação: Um Caminho para a Saúde Mental e o Bem-Estar” (on-line pelo TEAMS)

Orgulho de ser Sindjus! Filie-se e fortaleça o seu Sindicato.

🔥112 Total de Visualizações