Conselho de Delegados Sindicais do Sindjus discute proposta de reajuste emergencial para 2025 e 2026, e estratégias para plano de reestruturação da carreira em 2027 a 2030

Proposta do Sindjus prevê reajuste emergencial em 2025/2026 para reposição das perdas inflacionárias

O Sindjus realizou, nesta quarta-feira (19), reunião do Conselho de Delegados Sindicais de Base para apresentação da proposta de reajuste emergencial para recomposição parcial das perdas salariais da categoria na janela orçamentária de 2025 a 2026, e planejamento para a apresentação de proposta de reestruturação de carreira a ser implementada no período de 2027 a 2030.

A Diretoria do Sindjus, juntamente com assessorias técnicas, desenvolveu uma série de estudos e projeções, considerando as necessidades e sugestões da categoria, e os cenários orçamentários e legislativos, o que culminou na estratégia apresentada hoje ao Conselho de Delegados, com a presença do especialista em Orçamento e consultor legislativo do Senado Federal Luiz Alberto dos Santos.

Em razão do prazo exíguo para a próxima janela orçamentária (o orçamento para o próximo ano precisa ser encaminhado ao Congresso Nacional até 31 de agosto), optou-se por apresentar primeiro uma proposta de reajuste emergencial para 2025/2026 e continuar trabalhando a construção do Plano de Reestruturação da carreira para 2027/2030.

“Ficou estabelecido primeiro a apresentação de uma proposta, viável e objetiva, aproveitando a próxima janela orçamentária de 2025/2026. E, em seguida, apresentar uma proposta de reestruturação da carreira mais robusta e ampla, objetivando atender aos interesses de toda a categoria, na medida do possível, utilizando para isso a janela orçamentária de três anos e meio que se abrirá com o início do próximo governo (2027 a 2030), conforme estabelece a Lei de Responsabilidade Fiscal (LC 101/2000) e os comandos da LC 200/2023 (Arcabouço Fiscal). Conscientes do nosso papel e da responsabilidade de não permitir que a nossa categoria fique sem reajuste em 2025 e 2026, apresentamos uma proposta que contempla a todos, objetiva e viável, que tem plenas condições de ser aprovada e implementada. Uma proposta que aproveita todo o orçamento disponível em 2025 e 2026, e que se opõe frontalmente ao zero de reajuste, o que ocorreria caso não fossem tomadas as devidas providências em defesa da categoria. Representa, portanto, o fortalecimento e a valorização da nossa carreira”, afirmou o presidente do Sindjus, Costa Neto.

Importante destacar que a Diretoria do Sindjus teve a responsabilidade de desenvolver uma proposta emergencial que beneficia a todos e repõe parcialmente as perdas da categoria.

O Conselho de Delegados Sindicais do Sindjus aprovou simbolicamente o encaminhamento da proposta da forma como ela foi apresentada.

Agora a Diretoria do Sindicato encaminhará a proposta a todos os órgãos do PJU e ramos do MPU, bem como ao Fórum de Carreira que está funcionando sob a coordenação do CNJ. O Sindicato também está lutando pela retomada dos trabalhos da Comissão de Carreira do MPU.

Todos os detalhes da proposta serão divulgados em matéria própria que será publicada ainda hoje.

Orgulho de ser Sindjus. Filie-se e fortaleça o seu Sindicato.

 

🔥1.5 K Total de Visualizações