Zizi Possi no Clube do Servidor

Show será no sábado dia 19. Participantes do Programa Viver Cultura,
do Sindjus, terão direito a ingressos mais baratos

Depois de Maria Rita, agora é a vez de Zizi Possi, que estará no Clube do Servidor, no próximo sábado, dia 19, às 21h, encerrando a temporada de shows de 2009 em um espaço que aos poucos devolve ao servidor do Judiciário e do Ministério Público e a Brasília bons momentos do passado recente da cidade. Sob a gestão do Sindjus, a renovação da agenda cultural do clube está garantida, assim como a revitalização de seus equipamentos de esporte e de lazer. “Outros artistas do quilate de Maria Rita e de Zizi Possi estarão aqui em Brasília e no clube, em 2010”, afirma Policarpo, coordenador-geral do sindicato.

O show de Zizi Possi é uma parceria do Sindjus com a produtora de eventos de Brasília Kaizen Entretenimentos. A novidade é que os participantes do programa Viver Cultura pagarão 35,00 pelo ingresso, o preço normal da entrada é R$ 140,00; a meia: 70,00. A mesa com quatro lugares, que custa R$ 400, sairá por 370,00 para quem aderiu ao programa de incentivo cultural do Sindjus.

Paulistana do Brás, um dos berços da imigração italiana em São Paulo, Zizi Possi interpretará neste show seus grandes sucessos, a exemplo de Flor do mal, que deu título ao seu primeiro LP, em 1978, quando a cantora começou a despontar na MPB tendo Roberto Menescal como o seu principal guia. Para quem não se lembra, a carreira de Zizi começa a decolar com mais leveza no cenário da MPB com a gravação de Perigo, música tema da novela Selva de Pedra, da TV Globo, assinada por Janete Clair.

Cantora de formação lírica e dedicada ao estudo do piano desde a infância, Zizi Possi deixou São Paulo aos 17 anos para morar em Salvador (BA), com um irmão dramaturgo, onde começou a forjar a sua carreira. Mas ao longo da carreira, Zizi se consagrou como cantora popular de sucessos como: Nunca, Luz e mistério, Meu amigo, meu herói, Caminhos do sol, Engraçadinha, Eu velejava em você, O amor vem pra cada um, Dê um rolê, Luiza, Perigo, Esquece e vem, Noite, A paz e principalmente Asa morena. Esta última, do disco homônimo lançado em 1982, foi um sucesso radiofônico e comercial.

Viver Cultura – O programa foi organizado pelo Sindjus com base na Lei Rouanet e vem sendo financiado pela contribuição de uma parcela de até 6% do imposto devido na fonte dos trabalhadores do Judiciário e do Ministério Público Federal. Como participante do programa, o servidor empresta a sua solidariedade à produção de bens culturais no Distrito Federal, e garante o seu acesso aos diversos projetos agendados. Acesse o site do programa na página do Sindjus e conheça detalhes do programa. Os ingressos poderão ser retirados pelo site IngressoRapido.com.br.

🔥22 Total de Visualizações