Um dia de luta para todos os servidores públicos brasileiros

Os servidores públicos vivem neste ano de 2011 um Dia do Servidor sem muitos motivos para comemorar. Acostumados com a política de remuneração de pessoal da gestão do presidente Lula, que reestruturou muitas carreiras e atualizou praticamente todas as remunerações dos servidores federais nos três poderes, o funcionalismo sofre com o tratamento que tem recebido por parte do governo Dilma.

A presidenta Dilma chega ao segundo ano de seu mandato sem atualização salarial das carreiras de Estado. Além de não ouvir as reivindicações dos servidores que versam sobre reajustes específicos ou uma política salarial permanente para o setor público, com garantia de reajuste anual, com pelo menos a reposição da inflação, como manda a Constituição, a chefe do Poder Executivo tenta interromper o processo de fortalecimento do setor público iniciado com Lula.

Em nome do discurso de corte de gastos, Dilma tentou proibir de uma só vez reajustes salariais, nomeações e novos concursos públicos. Tenta aprovar a todo custo à criação da Previdência Complementar para os servidores por meio do PL 1992/2007. Insiste no PL 549/2009, que prevê arrocho salarial de dez anos para o funcionalismo. Por meio da AGU, pede o corte de ponto de diversas categorias que deflagraram greve.

Para que no próximo ano tenhamos, de fato, motivos para comemorar o Dia do Servidor, a presidenta Dilma precisa rever sua posição em relação aos servidores. Para isso, precisamos utilizar esta data como um marco de união e de mobilização em prol da valorização dos servidores públicos brasileiros. Precisamos lembrar não só à presidenta Dilma, mas ao conjunto da sociedade os benefícios que o serviço público traz ao país.

Foi justamente por ter um Estado forte que o Brasil não sucumbiu às crises internacionais. O povo só terá, por exemplo, saúde e educação de qualidade para todos os brasileiros quando o governo decidir fazer os investimentos necessários nos servidores públicos. Quando um cidadão vai ao hospital, à escola, ao tribunal ele é atendido por um servidor público.

Por isso, o trabalho realizado pelo servidor, em suas mais diversas áreas de atuação, é estratégico e de fundamental importância para o desenvolvimento do nosso país. Afinal, os servidores são a personificação do Estado.

Em reconhecimento, os servidores públicos deveriam receber neste dia 28 de outubro aplausos e respostas positivas as suas reivindicações. É por isso que devemos transformar o desejo de celebração em luta. Os servidores do Judiciário e do Ministério Público precisam se somar às centenas de milhares de servidores públicos federais, estaduais e municipais para que possamos juntos exigir um serviço público de qualidade e a valorização de todos os servidores.

O Sindjus, com mais de vinte anos de dedicação aos servidores, reafirma-se como instrumento de luta ao mesmo tempo em que parabeniza todos aqueles que trabalham duro para que o servidor não seja lembrado apenas no dia 28 de outubro, mas em todos os dias do ano como exemplos de responsabilidade, competência e coletividade.

🔥20 Total de Visualizações