MPOG: Com nova proposta, nenhum professor terá reajuste menor do que 25%

Brasília – O governo federal apresentou hoje nova proposta aos professores das entidades federais, em reunião agora à noite com os três sindicatos nacionais que representa a categoria – Andes-SN, Sinasef e Proifes.

Pela proposta, são contemplados cerca de 140 mil professores com reajustes entre 25% e 45% em relação ao salário de março deste ano, quando houve o último reajuste, de 4%.

Como na anterior, a concessão dos valores nos contracheques, ocorrerá em três parcelas – nos montantes de 40% em 2013, 30% em 2014 e 30% em 2015. No entanto, antecipa de julho para março a vigência dos reajustes.

Para chegar a essa tentativa de acordo, o governo eleva de R$ 3,92 bilhões para R$ 4,2 bilhões o impacto orçamentário da proposta original que foi apresentada há duas semanas.

“O ajuste que se pretendeu fazer acata as sugestões, críticas e comentários que se fez nesta mesa de negociação”, afirmou na reunião o secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça.

“Estimamos a inflação futura e asseguramos que nenhum professor de instituição federal terá reajuste menor do que 25%. Isso vale para todos: do Magistério Superior Federal e do Magistério do Ensino Básico Técnico e Tecnológico – EBTT, dos ex-Territórios e dos colégios militares”, explicou o secretário.

🔥4 Total de Visualizações