Reunião dos delegados prepara a greve do dia 1º

Terminou há poucos minutos, no auditório da CUT, a reunião dos delegados sindicais do Sindjus em que foram discutidos os encaminhamentos da greve por tempo indeterminado, que começará na próxima quarta-feira, 1º de agosto.

Há seis anos sem reajuste salarial, os servidores do Judiciário estão injuriados com a insensibilidade do governo e também com a inação dos ministros dos tribunais superiores que não fazem valer a autonomia orçamentária desse poder.

Os delegados sindicais discutiram as mobilizações que serão feitas por local de trabalho, explicando aos filiados a necessidade de garantir que a proposta orçamentária saia do Executivo com os valores necessários à aprovação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração, e que chegue ao Congresso ainda em agosto.

O fortalecimento da comunicação do Sindicato, com a criação de peças publicitárias que demonstrem a essencialidade do trabalho dos servidores para a sociedade, esteve entre os pontos discutidos na reunião.

No debate sobre as dificuldades que serão enfrentadas pela categoria durante a greve, destacou-se a fala de Milca, servidora do Conselho da Justiça Federal. Tendo sido abordada por um colega, que disse que o sindicato é fraco, ela respondeu: “Fraco é você, que não participa. Você é o sindicato”.

Na segunda-feira, divulgaremos as ações que serão desenvolvidas na primeira semana da greve, cujo objetivo é recuperar a defasagem salarial dos servidores acumulada nos últimos seis anos sem reajustes.

🔥11 Total de Visualizações