Correio Braziliense: Por aumento, servidores do Judiciário/MPU protestam diante Congresso


Por Vera Batista

O grupo, que tem o apoio da força sindical, alega estar há seis anos sem reajuste de salário

Os servidores do Judiciário e do Ministério Público da União (MPU) protestam desde o início da tarde desta terça-feira (24/2) em frente ao Congresso Nacional, para pedir o reajuste do ganho real de salário. Cerca de 500 manifestantes estão no gramado da Casa.

O grupo, que tem o apoio da força sindical, alega estar há seis anos sem reajuste de salário. A Polícia Militar fez uma barreira para impedir a entrada dos servidores no Congresso, mas mesmo assim algumas pessoas conseguiram invadir pela lateral do local.

Para piorar a situação, o grupo reclama também da aprovação, no fim de 2014, do aumento de salários de magistrados, deputados, senadores e da presidente da República – apenas os servidores ficaram de fora da decisão. O Poder Judiciário e o MPU encaminharam ao Executivo as propostas orçamentárias para 2015, com os cálculos do reajuste dos servidores.

Segundo os servidores, a reposição do ganho real de salário para o Judiciário nestes seis anos é de R$ 1,5 bilhão e para o MPU é de R$ 500 milhões. Os manifestantes afirmam que a inflação acumulada durante os seis anos gera um aumento total de 40% referente à reposição da inflação.

Clique
para visualizar matéria na página do Correio.

🔥12 Total de Visualizações