Greve cresce no TST e no TRT

Nesta quarta-feira (29/7), os coordenadores do Sindjus Neuzinha, Roberto Jovane e Eldo Luiz , além do oficial de Justiça do TJDFT Eltomar, participaram de arrastão no TST, motivando mais adesões de servidores à greve. O grupo fortaleceu o corpo a corpo no piquete e visitou os colegas da TI do TST e das turmas. Como resultado imediato dessa ação, o movimento paredista ganhou um reforço importante, o dos servidores da TI do Conselho Superior da Justiça do Trabalho que decidiram paralisar suas atividades.

Os supervisores da SETIC e da CTPJE, também do CSJT, decidiram dedicar uma hora por dia em apoio aos colegas, estando presentes no piquete. Nesta quinta-feira (30/7), a mobilização continua no TST. Diante desse trabalho, já há a promessa de adesão à greve por parte dos servidores da Coordenadoria de Processos Eletrônicos -CPE.

No TRT, a mobilização também aumenta, há três varas trabalhistas com prazo suspenso e outras funcionando só com diretor, estagiário e requisitados. Um avanço conquistado pelos grevistas foi de que os diretores estão se reunindo para tomar decisões conjuntas. Também há expectativa de paralisação de mais varas trabalhistas na semana que vem.

🔥11 Total de Visualizações