PCCR NO MPU: Aumenta temperatura de adesão à greve

Em nova assembléia para discutir indicativo de greve, no Ministério Público Federal, ficou evidente mais uma vez que as pressões em torno do envio urgente do PCR ao Congresso devem ser intensificadas uma vez que o ministro Gilmar Mendes acenou com a possibilidade de encaminhar a proposta em sete de outubro. Também ficou claro, pela quantidade de servidores que lotaram o auditório do 5º andar do MPF, que o espírito de adesão a uma possível greve no Judiciário e MPU cresce a cada dia e a cada reunião de Policarpo com servidores do Judiciário e Ministério Público da União.

A assembléia do MPF foi marcada por dúvidas em relação, sobretudo, a gratificações específicas pagas a servidores do MPF e do Judiciário, as quais foram explicadas pelo coordenador-geral do Sindjus. Em resumo, Policarpo pediu paciência e tranqüilidade à categoria porque todas as gratificações previstas no novo PCCR serão discutidas minuciosamente quando a proposta começar a percorrer as comissões da Câmara dos Deputados.

“O principal ponto da questão é mandar logo esse plano para o Congresso”, disse Policarpo. “Depois continuaremos a fazer pressões lá dentro, quando o plano começar a tramitar”, acrescentou, afirmando que essas pressões serão feitas também no Executivo. “Porque é o Executivo que decide sobre a questão orçamentária. Policarpo afirmou ainda que deste processo de pressão da categoria depende o êxito da proposta. “É um trabalho árduo, difícil, mas necessário. “Volto a dizer que tudo depende, sobretudo, de nossa força, de nossa união”, acentuou o coordenador. Em seguida, lembrou que o mesmo esforço foi feito em 2002 e em 2006, da mesma forma, até alcançarmos novas conquistas para os servidores.

No final do debate, Policarpo lembrou que as recentes propostas de estudo do plano pelo ministro Gilmar Mendes, com prazo de análise pelos presidentes dos tribunais até o dia 30 – e reunião no dia 7 de outubro, no STF – para decidir sobre o envio do PCCR ao Congresso é fruto do calendário de assembléias setoriais que vem sendo cumprido desde o dia 9, em 14 tribunais e órgãos da Justiça e MPU.

🔥19 Total de Visualizações