Senado aprova projeto que reajusta salários de servidores da Câmara

O plenário do Senado aprovou na noite desta quarta-feira o projeto que reajusta os salários de servidores da Câmara dos Deputados e promove ajustes no plano de carreira dos funcionários.

O projeto não menciona os percentuais de aumento, mas apresenta a tabela dos vencimentos dos CNEs (Cargos de Natureza Especial) –o menor será de R$ 2.603 e o mais elevado, de R$ 12 mil. Os ocupantes de CNEs são comissionados, ou seja, são contratados por indicação dos parlamentares.

O relator do projeto, senador Marconi Perillo (PSDB-GO), argumenta, em seu voto favorável ao projeto, que, desde 2006, os servidores da Câmara não têm aumento salarial. Nesse período, o Congresso aprovou 56 planos de reajustes de servidores da União.

Perillo disse ainda que hoje há “uma real e significativa discrepância” entre os salários dos servidores da Câmara e a das carreiras típicas de Estado dos outros Poderes.

Segundo ele, a remuneração inicial da carreira de nível superior da Câmara, por exemplo, está defasada em 32% em relação à remuneração inicial das carreiras do Executivo e do TCU (Tribunal de Contas da União).

O senador acrescentou que o orçamento deste ano da Câmara prevê verbas para o aumento. O projeto será enviado à sanção do presidente da República.

🔥52 Total de Visualizações