CUT: agenda reivindica lutas imediatas

As reivindicações da CUT neste ano de 2011 estão voltadas para as lutas imediatas, questões que não podem esperar e devem ser discutidas ainda este ano; como a correção do Imposto de Renda, em 6,47% e a questão das reformas Tributária e Política. A agenda da CUT para a próxima semana irá reforçar essas bandeiras; nos dias 21 e 22, em Brasília será realizado o Seminário sobre a Reforma Tributária, deste encontro a CUT pretende dar maior visibilidade às questões que entende como mais relevantes na reforma Tributária.

No dia 23, quarta-feira, será realizada a ocupação pacífica no Congresso Nacional. No mesmo dia serão realizadas audiências no Congresso Nacional, Senado e Câmara dos Deputados e a CUT entregará nos três poderes documento com reivindicações da classe trabalhadora; como a redução da jornada de trabalho para 40 horas; aprovação da convenção 158, que proíbe a demissão de um trabalhador, a menos que exista para isso uma causa justificada; da convenção 156, que assegura igualdade de oportunidades para homens e mulheres; a regulamentação da convenção 151, que normatiza as relações de trabalho na administração pública, em especial, no que diz respeito ao direito de organização, e prevê garantias às organizações de trabalhadores do setor público, bem como estabelece parâmetros para a fixação e negociação das condições de trabalho, para a solução de conflitos e para o exercício dos direitos civis e políticos.; e a retirada do PLP 549/09 da pauta do Congresso Nacional, O PLP que entre outras medidas; congela os salários dos servidores públicos.

Nos dias 24 e 25, será realizada em Brasília, reunião entre os dirigentes da CUT Nacional e Regionais para fazer um balanço sobre a ocupação pacífica no Congresso Nacional.

🔥14 Total de Visualizações