Servidores públicos federais param Esplanada

Milhares de servidores públicos federais de todo o Brasil lotaram a Esplanada dos Ministérios em uma marcha para pressionar o atendimento da pauta de reivindicação da Campanha Salarial 2011. O Sindjus, que representa os servidores do judiciário e do MPU, participou do ato e levou a luta pelo reajuste salarial.

Após se concentrarem na frente do Palácio do Planalto os manifestantes seguiram em passeata até o Ministério do Planejamento, onde permanecerão em vigília. “Participar desse ato é a forma de mostrar meu protesto”, disse Cícero de Assis, servidor do TJDFT, “Existe hoje no Congresso uma série de projetos que prejudicam os servidores e tiram os nossos direitos. Um exemplo é o PL 1992/2007 que felizmente o deputado Policarpo (PT-DF) conseguiu tira-lo da pauta de hoje e pediu uma audiência pública para que se trate com cuidado o assunto”, explicou o servidor.

Além de pedir a retirada de pauta do PL 1992, que regulamenta a previdência, os manifestantes também querem conquistar a retirada do PLP 549, que congela os salários dos servidores. Eles também querem que seja votada a Convenção 151, que institucionaliza a negociação coletiva.

“O ato de hoje demonstrou que os servidores públicos federais não se calarão diante da falta de política para a categoria. Precisamos conquistar a negociação coletiva no setor público, a fixação de data-base e a garantia do direito de greve. Tudo isso só será possível com unidade e mobilização de todas as categorias de servidores públicos, para que possamos efetivamente mudar a agenda deste governo para uma agenda que garanta avanços e direito para o setor público, que é responsável pelas políticas públicas do Estado”, avaliou Ana Paula Cusinato, coordenadora-geral do Sindjus.

Sheila Tinoco, diretora do sindicato que também participou do ato ficou satisfeita com a mobilização. “Muitos servidores estiveram presentes numa participação bastante representativa. Só isso já deveria servir como indicativo às nossas autoridades sobre o que desejam os trabalhadores do país”, disse.

As 25 entidades nacionais que representam o total de servidores do Executivo Federal tentarão realizar audiência com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, para apresentar os eixos pessoalmente os eixos que compõem a Campanha Salarial 2011 em defesa dos servidores e serviços públicos. A expectativa é de que o encontro seja produtivo e marque a reabertura do processo de negociações com as diversas categorias do setor público.

🔥19 Total de Visualizações