Diário de greve: greve na JF atinge 90% das Varas

Centenas de servidores do Judiciário e Ministério Público participaram hoje de um grande ato para pressionar os presidentes dos órgãos o apoio ao relatório que o deputado Policarpo apresentará à Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados (CFT).

A manifestação começou ao meio-dia em frente à Justiça Federal. Com a presença maciça dos servidores, o encontro serviu para demonstrar a união da categoria. Levantamento do Sindjus demonstra que mais de 90% das varas tiveram o funcionamento prejudicado, às 14h os servidores se deslocaram para o TJDFT.

Os servidores começaram a se aglomerar na porta do edifício Sede 2, no bloco D, e a chamar os demais colegas que ainda resistiam a aderir a greve. “Fizemos um trabalho de concientização com os colegas das varas na sexta-feira passada para que participassem do nosso ato. E vimos que funcionou”, comemorou a técnica judiciária Silene Meneses.

Silene e Sandra Ramos, também técnica judiciária, percorreram as varas para constatar a adesão ao movimento. “Foi uma grata surpresa ver que o prédio estava praticamente vazio. Todos decidiram descer para a entrada e participar do ato”, afirmou Sandra.

Em seguida, os servidores seguiram em passeata fazendo um apitaço e com bandeiras até o bloco G, edifício sede 1, e, em conjunto com os demais servidores, percorreram a Praça dos Tribunais até o TRF. No local, gritaram palavras de ordem como: “Oh, presidente, negocia, valoriza a categoria”.

Ao retornar, o coordenador do Sindjus Berilo Leão convidou os servidores a participar de ato em frente ao bloco A do TJDFT. Às 15h, o bloco carnavalesco Barakessa começou a tocar músicas de samba para o início da mobilização. Participaram da manifestação servidores de praticamente todos os fórum do DF, como do Gama, Sobradinho, Ceilândia, Guará, Santa Maria e Taguatinga.

Após atualizar os participantes das últimas notícias sobre a greve, os diretores do sindicato pediram aos servidores que seguissem em direção ao bloco B e depois ao Palácio da Justiça. O objetivo foi o de sensibilizar o presidente do TJDFT, desembargador Octavio Augusto, a apoiar o relatório que será apresentado pelo deputado Policarpo à CFT.

Amanhã o ato será no STJ, às 15h.

🔥21 Total de Visualizações