DG afirma que não há possibilidade do STF aprovar câmara setorial

O coordenador da Fenajufe e do Sindjus, Cledo Vieira, foi até o STF na manhã desta segunda-feira (12/9), conversar com o Diretor-Geral do Supremo, Alcides Diniz, sobre o processo de aprovação do PL 6613/09, que está na Comissão de Finanças e Tributação há mais de um ano.

Um dos assuntos da reunião foi a suposta criação, divulgada pela mídia no último sábado, de uma câmara setorial, composta por integrantes dos Três Poderes e de entidades de classe, para discutir questões financeiras e de mérito relativas ao PL 6613. Cledo insistiu que essa câmara é mais uma tentativa do governo em criar obstáculos para a aprovação do nosso projeto.

Alcides garantiu que não há possibilidade do STF aprovar a criação dessa câmara setorial, pois não há mais o que discutir em relação ao PL 6613. Essa é, inclusive, a opinião do próprio presidente Cezar Peluso. Para o coordenador do Sindjus, a posição do STF atende aos anseios dos servidores, que não suportam mais tantas medidas protelatórias.

Cledo também perguntou ao DG se o presidente da CFT, Cláudio Puty, manteria a promessa que fez a Peluso de colocar em votação o projeto esta semana. O Diretor-Geral ficou de checar essa informação junto ao presidente do STF e dar retorno ao sindicato.

🔥31 Total de Visualizações