Sindjus angaria apoio de presidentes de tribunais

Assim que o CNMP decidiu reenquadrar todos os servidores do MPU com mais dois padrões, no dia 6 de agosto, o Sindjus solicitou reuniões com as presidências dos tribunais superiores e do TJDFT para defender pessoalmente o empenho de cada presidente e de cada diretor-geral nessa campanha por um reenquadramento justo. E muito já foi conseguido até então:

TSE

No dia 9, Cledo Vieira e Jailton Assis estiveram no gabinete da presidenta do TSE, ministra Carmem Lúcia, para reivindicar que o Judiciário adote o mesmo entendimento do CNMP, garantindo aos servidores a manutenção de suas progressões já conquistadas. Carmem Lúcia ouviu atentamente à explanação dos dirigentes, afirmou compreender os argumentos apresentados e que é preciso construir junto ao STF a alteração da Portaria Conjunta.

STF

No dia 12, Sheila Tinoco e Jailton Assis foram recebidos pelo diretor-geral do STF, Miguel Fonseca, que, depois de elogiar a tese do CNMP e escutar explicações detalhadas dos diretores, determinou que a assessoria jurídica do Supremo aprofundasse os estudos sobre o reenquadramento e que, diante de sua viabilidade, estudassem a modificação da portaria.

STJ

No dia 14, Ana Paula Cusinato, Jailton Assis e José Oliveira reuniram-se com o diretor-geral do STJ, Maurício Carvalho, informando que haviam protocolado cópia do acórdão do CNMP, publicado no dia 12, para que o precedente possa fundamentar a análise do pedido no âmbito do STJ. Segundo o diretor-geral, o presidente Félix Fisher determinou que a demanda seja atendida se for de direito.

TST

Na quarta-feira (21), o Sindjus já tem audiência confirmada com o presidente do TST, ministro Carlos Alberto.

TJDFT

O Sindjus conversará com o presidente do TJDFT, desembargador Dacio Vieira, na quarta-feira (21).

STM

Embora ainda não confirmada, o Sindjus acredita que a reunião com o presidente do STM, ministro Cerqueira Filho, aconteça antes do dia 26.

🔥23 Total de Visualizações