Por Mandela, devemos continuar lutando, sonhando, acreditando…

Morreu aquele que fez da vida uma eterna luta pela igualdade de tratamento, valorizando, sobretudo, o humano que há em cada um. Morreu o líder, o herói, o guerreiro da resistência. Ficou o mito, a lenda, o exemplo. O corpo físico se rendeu aos 95 anos de idade, mas a obra, já enraizada, continuará, com certeza, a dar frutos. Afinal, temos que continuar a missão de combater a discriminação em todos os seus campos.

O Sindjus aplaude a trajetória de Mandela, expressa sua solidariedade à família e ao povo africano e se une ao luto mundial e também aqueles que querem manter vivos os ideais do herói da luta antiapartheid. Que o ganhador do Prêmio Nobel da Paz de 1993 continue inspirando nossa jornada em favor de um mundo mais digno, construído a partir da democracia e dos direitos humanos.

O espírito militante que fez com que Mandela nunca se acomodasse, deve alimentar cada de um de nós. As lutas em busca de equidade e de qualidade de vida, entre tantas outras, precisam ser fortalecidas dia após dia com nosso entusiasmo, união e perseverança. Mandela nunca desistiu de transformar seus sonhos em realidade, portanto, não há melhor forma de homenageá-lo de que continuarmos sonhando, lutando e acreditando.

Viva Mandela!

🔥9 Total de Visualizações