Diante da pressão, STF revê posicionamento e vai instalar mesa de negociação

A mobilização e união da categoria demonstradas durante o ato do dia 2 conseguiram que a administração do Supremo Tribunal Federal recebesse no mesmo dia e também nesta terça-feira (8) uma comissão formada por dirigentes do Sindjus e da Fenajufe para debater a valorização salarial dos servidores do Judiciário.

O Diretor-Geral do STF, Miguel Fonseca, informou ao coordenador-geral do Sindjus Cledo Vieira e demais dirigentes sindicais que o presidente Joaquim Barbosa vai instalar uma mesa de negociação composta por todos os diretores-gerais, a Fenajufe e o Sindjus. Desde agosto de 2013 o Sindjus pedia formalmente ao Supremo a instalação dessa mesa demonstrando o quão importante é se discutir a valorização dos servidores de forma conjunta e democrática.

Segundo Cledo, “os presentes entenderam que o envio do substitutivo ao PL 6613/09 defendido pelo Sindjus é o melhor caminho a ser adotado”.

O primeiro passo foi conquistado, mas precisamos trabalhar para que a proposta do Sindjus de reajuste salarial para todos seja a nossa grande conquista.

Mobilização continua

Não há dúvida de que sem a pressão dos servidores não só as reuniões, como os avanços obtidos nelas, não teriam acontecido, por isso é importante que continuemos nesse clima, inclusive participando da assembléia de hoje (9), às 15h, na Praça dos Tribunais (SAS). Precisamos continuar nosso movimento de pressão para que a mesa seja de fato instalada e que conte com a celeridade necessária, além é claro, da redação de uma proposta que atenda aos interesses do conjunto da categoria.

🔥12 Total de Visualizações