Ato exige de Lewandowski/Janot aprovação conjunta dos PLs de servidor/magistrado/membro

prednisolon kur

prednisolon og alkohol searchengineoptimization-seo.net

Na tarde desta quarta (10), os servidores de Brasília, com a participação de representantes de outros estados, participaram de ato na Praça dos Três Poderes para exigir que os PLs 7920 e 7919 sejam aprovados juntamente com o dos magistrados e membros do MPU, que serão aprovados ainda em dezembro, pois é exatamente essa condição para parlamentares terem seu reajuste.

Os servidores se concentraram em frente ao STF e depois saíram em marcha, com faixas, apitos, buzinas e palavras de ordem, em direção ao Palácio do Planalto. A Polícia Militar tentou obstruir o acesso, mas os guerreiros furaram o bloqueio e fecharam pistas em frente à sede do Poder Executivo. Com os gritos “servidores na rua, Dilma a culpa é sua”; “Dilma, negocia, e valoriza a categoria”, os manifestantes deram o recado para a presidenta da República.

Após fazer muito barulho em frente ao Palácio do Planalto, voltaram para as imediações do STF. Demonstrando a unidade construída em torno do Reajuste Para Todos soltaram balões pretos e roxos, providenciados pelo Sindjus, com as inscrições “Justiça na Justiça” e “Reajuste Já”, simbolizando a reivindicação da categoria.

Conversa com o DG

Os coordenadores do Sindjus Cledo Vieira e Jailton Assis, acompanhados de dirigentes da Federação, conversaram com o diretor-geral do STF, Amarildo Oliveira, durante o ato. A conversa teve o objetivo de cobrar que a votação dos PLs 7920 (servidores) e 7917 (magistratura) aconteça no mesmo dia, na mesma sessão, na mesma hora. Enfatizaram a Amarildo que os projetos precisam ficar colados até o fim, daí a necessidade de aprovar o requerimento de urgência ao PL 7920 conquistado pelo Sindjus.

O DG afirmou que o ministro já conversou com o presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves, afirmando que os projetos em questão precisam ser votados em conjunto. Pelo que disse Amarildo o presidente do STF tem trabalhado a aprovação conjunta dos projetos, conforme prometido ao Sindjus.

Amarildo informou também que continua em contato com a SOF e com a Casa Civil discutindo os detalhes técnicos do reajuste. O presidente do STF também tem conversado com frequência com o relator-geral do PLOA 2015, senador Romero Jucá. O DG avisou que se reunirá com Lewandowski ainda hoje para tratar dos próximos passos a ser dado em relação ao PL 7920, depois que ele foi aprovado na CFT.

Estado de mobilização

Embora tudo esteja se encaminhando, ainda não há garantia alguma da viabilização do PL 7920, por isso é necessário manter o estado de mobilização. O Sindjus continuará em contato com o DG do STF e trará todas as novidades aos servidores. Fique atento ao nosso site e mobilizado, pois a luta pela aprovação do reajuste continua.

PL 7919

Os coordenadores informaram que o PL 7919 não foi aprovado junto com o PL 7920 hoje na CFT porque a relatora do projeto na CTASP atrasou para apresentar seu relatório. Mas garantiram que o PL 7920 avançando ao Plenário, o PL 7919 vai junto, pois é compromisso de Lewandowski e Janot trabalharem a aprovação simultânea dessas matérias.


🔥8 Total de Visualizações