Fenajufe convoca sindicatos filiados para o ato nacional dia 27 e agenda de mobilização

A quarta-feira 27 de maio será um dia de mobilização dos servidores do Judiciário federal em todo o país, pela aprovação do PLC 28/2015 no Senado. Estão previstos a paralisação das atividades por 24 horas e o ato na Praça dos Três Poderes, em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF), a partir das 15 horas.

A manifestação é parte da luta dos servidores pela aprovação do PLC 28/2015, aprovado na CCJ na quarta-feira, 20, e agora aguarda para ser votado pelo plenário do Senado, com pedido de urgência. O ato também será em apoio ao PL 7919/2014, que reestrutura o salário dos servidores do MPU, que passará a tramitar também no Senado Federal.

Na avaliação da Fenajufe, o momento é oportuno para negociar o aporte de recursos necessários ao pagamento do reajuste previsto nos projetos. Mas para isso, é importante que governo, STF e PGR fechem acordo que viabilize a aprovação das propostas.

Ainda esta semana, na terça-feira, 26, coordenadores da Federação estarão atuando junto à Mesa Diretora do Senado para a inclusão do PLC 28/2015 na pauta de votação.

Logística

Para garantir o apoio logístico necessário aos manifestantes, a Fenajufe orienta os sindicatos que informem à Federação, com urgência, o número de servidores que virão para o ato nacional. A comunicação pode ser feita através do e-mail [email protected]


Reunião da diretoria executiva da Fenajufe com um representante de cada sindicato

Logo após o ato em frente ao STF, acontece a reunião entre a Fenajufe e um representante de cada sindicato filiado, no auditório da Federação, a partir das 18h. A Federação orienta que os sindicatos de base realizem assembleia e preparem os informes sobre as deliberações com a categoria. É importante para a unidade do movimento, compartilhar a avaliação dos desdobramentos da semana e das ações desenvolvidas até o momento. É necessário ainda que os sindicatos informem à Federação quem será o representante da entidade na reunião, pelo e-mail [email protected]


Próximas ações e deflagração de greve por tempo indeterminado até 10 de junho

Já para o dia 29, sexta-feira, está programado um dia de mobilização e paralisação da Fenajufe e sindicatos filiados, com as demais categorias dos servidores públicos federais em todo o País. O Dia Nacional de Paralisação Rumo à Greve Geral é convocado por diversas centrais sindicais e movimentos sociais e será contra o ajuste fiscal, o PL 4330/2004 (PL 30/2015 no Senado) e as MP 664 e 665, cujos projetos de conversão serão apreciados no Senado Federal.

Na sequência, nos dias 2 e 3 de junho, nova paralisação será realizada, desta vez por 48 horas. E até o dia 10 de junho, após avaliação nas bases, será deflagrada a greve da categoria, por tempo indeterminado.

Para o coordenador Adilson Rodrigues, coordenador da Fenajufe no plantão esta semana, o movimento requer participação ampla dos servidores. “Convocamos todos os servidores do PJF e MPU no País a aderir e ajudar a organizar mobilização no seu local de trabalho, para assegurar instalação de negociação efetiva que assegure a aprovação e implementação imediata da reposição salarial que nos é devida”, aponta.

Na avaliação do coordenador da Fenajufe, Edmilton Gomes, também no plantão esta semana, governo, STF e PGR precisam ouvir a mensagem da categoria. “Se não estivermos juntos e lutando pelo mesmo objetivo, nossa voz não será ouvida. As articulações estão em andamento e o projeto aguarda no Senado. Mas isso ainda não nos garante sucesso na batalha. É preciso mobilizar e participar”, conclama.

Fonte: Fenajufe (matéria)

🔥18 Total de Visualizações