PLs 2648/15 e 6697/09 aguardam votação no Plenário. Pressão total!

Depois de terem aprovadas suas urgências nos dias 28 de abril e 3 de maio, respectivamente, o PL 2648/15 (Judiciário) e o PL 6697/09 (MPU) aguardam votação no Plenário da Câmara. Como a pauta está trancada por MPs, os projetos, que já estão na pauta como itens 30 e 31, precisam ser votados em sessão extraordinária.

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, afirmou nesta terça-feira (3/5), que projetos referentes a reajuste de servidores só serão votados após o vice-presidente Michel Temer assumir a presidência da República. No entanto, alguns líderes estão trabalhando para reverter esse posicionamento, de modo que a votação ocorra ainda esta semana.

A prova de que essa articulação está acontecendo e avançando é que o assessor do deputado Rogério Rosso, Cláudio Lima, informou, por volta das 12h desta quarta-feira (4/5), que há grandes chances de que o mérito do PL 2648 seja votado hoje. Ele pediu o apoio da categoria para dar respaldo ao trabalho à articulação feita pelos líderes no sentido de viabilizar a votação para hoje. Rogério Rosso já conversou, inclusive, com o juiz auxiliar da Presidência do STF, Paulo Schmidt, para que a cúpula do Judiciário também pressione a Câmara.

Desse modo, o Sindjus convida os servidores do Judiciário e do MPU a comparecerem à Câmara, no sentido de pressionar o deputado Eduardo Cunha para que a votação ocorra o mais rápido possível dada a necessidade urgentíssima de recomposição salarial da nossa categoria.

🔥38 Total de Visualizações