Portaria de compensação da greve do TJ: Sindjus-DF se reúne com corregedor e pede apoio

O esforço do Sindjus-DF para que a administração do TJDFT publique nova portaria alterando a forma de compensação dos dias referentes à greve do ano passado segue firme e vai continuar até que a questão seja resolvida. Na última quarta-feira (31/08), o coordenador geral do sindicato Júnior Alves, acompanhado do diretor da Fenajufe Gerardo Lima e da oficiala de justiça Daniela Pontual, se reuniu com o corregedor José Cruz Macedo, para pedir apoio a respeito da apreciação, pelo presidente, desembargador Mário Machado Vieira Netto, do Processo Administrativo nº 22999/2015. Nele, o sindicato reivindica que a direção do órgão estabeleça que a forma de compensação dos servidores que participaram da greve de 2015 seja por meio da atualização do serviço que ficou atrasado, e não pelo pagamento de todas as horas, conforme determina a portaria conjunta.

Na rápida reunião da última quarta-feira, Júnior Alves reafirmou os argumentos já apresentados ao presidente Mário Machado e solicitou uma atuação da corregedoria junto à presidência, considerando que os servidores têm se sentido prejudicados com a determinação da portaria conjunta.

Cruz Macedo disse compreender o pleito da categoria e se comprometeu a analisar o conteúdo do processo administrativo. Além disso, concordou em marcar uma próxima reunião com a direção do sindicato com o objetivo de debater a questão e outros temas que não puderam ser debatidos nessa reunião.

Em diversas visitas ao tribunal no mês de agosto, o sindicato obteve a informação de que o PA já havia sido encaminhado ao desembargador Mário Machado e a previsão era que ele se reuniria logo com o corregedor para decidir a respeito da reivindicação do Sindjus. No PA 22999/2015 constam pareceres da área técnica, do setor de Recursos Humanos, da própria Corregedoria e do setor de legislação de pessoal do tribunal, apontando a viabilidade da compensação dos dias parados com a atualização do serviço, da mesma forma que já vem sendo feito em outros tribunais.

🔥16 Total de Visualizações