Sindjus realizará congresso extraordinário para encerrar votação de reforma estatutária

Os delegados do 7º Congresso do Sindjus-DF decidiram, durante votação na tarde deste domingo (21), realizar um novo congresso extraordinário para finalizar a votação das propostas de alteração estatutária e de resoluções. A decisão permitirá vencer toda a pauta previamente definida.

Durante a tarde de sábado e manhã de domingo, o plenário votou parte das propostas de mudança do estatuto do sindicato. Para que outros temas urgentes pudessem ser debatidos, como campanha salarial e a luta contra as reformas previdenciária e trabalhista, os delegados avaliaram que a melhor alternativa é transferir o restante das propostas para outro momento de deliberação.

Foto: Kilson Ricardo

O calendário aprovado também define a realização de assembleia geral com o objetivo de marcar a data do congresso extraordinário, que será convocado no prazo de 60 dias, e também para referendar as propostas aprovadas no 7º Congresso.

Conforme deliberação do plenário, a assembleia geral vai apreciar a indicação para que não seja aberto prazo para apresentação de novas propostas, exceto moções. Foi aprovado, também, levar para a nova assembleia a proposta para que a atual comissão organizadora conduza os trabalhos do congresso extraordinário, assim como a manutenção dos mesmos delegados e observadores natos e os eleitos nas assembleias setoriais para o 7º Congresso.

🔥32 Total de Visualizações