Sindjus-DF conclama a categoria a participar do Dia Nacional de Lutas

Nesta sexta feira (10), haverá uma onda nacional de manifestações em todo país contra os ataques promovidos pelo governo Temer aos trabalhadores da iniciativa privada e servidores públicos, em geral. A Reforma da Previdência que está em vias de ser votada pelo Congresso Nacional e a Reforma Trabalhista, que passa a valer a partir de amanhã (11/11), são pontos centrais do Dia Nacional de Lutas. Porém, os protestos terão outras bandeiras de luta, tais como: “contra o desmonte no PJU e MPU”, “nenhuma Zona Eleitoral a menos”, “contra o desmonte na Justiça do Trabalho”, “em defesa dos Serviços e dos Servidores Públicos”.

Várias atividades serão realizadas nos estados e no Distrito Federal, objetivando fomentar a luta contra a retirada de direitos trabalhistas e o desmonte do serviço público. Em Brasília, a concentração está marcada para o Espaço do Servidor, na Esplanada dos Ministérios, às 9h. Ao final da tarde, a manifestação será na Rodoviária do Plano Piloto.

E o dia de hoje é só o início de uma jornada de lutas que vai movimentar o mês de novembro. Confira atividades propostas pelo Fonasefe e Fonacate:

No dia 20 de novembro (segunda feira) haverá audiência pública na Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal, às 14h30, para debater o pacote de maldades do governo Temer contra o funcionalismo.

Na outra segunda feira (27/11), o Fonacate realiza o seminário: “Qual serviço público que queremos”, às 14h, no Auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados.

Na terça-feira, dia 28 de novembro, Brasília receberá a caravana nacional do funcionalismo com manifestações na Esplanada dos Ministérios.

E, finalmente, no dia 29/11 (quarta feira), teremos ato público no Judiciário para anunciar ação jurídica contra a MP 805, que congela o salário dos servidores e aumenta a alíquota de contribuição previdenciária para 14%.

O Sindjus-DF entende que diante da atual conjuntura o momento presente é de luta, de resistência e de ação. Temos de nos mobilizar em prol da manutenção dos nossos direitos, no sentido de dar um basta aos frequentes e nocivos ataques do governo. Por isso, é importante participar, em conjunto com a população e com outras categorias, de iniciativas como o Dia Nacional de Lutas, levantando nossas bandeiras e exigindo respeito.

🔥7 Total de Visualizações