Greve-Geral: Sindjus-DF faz ações no aeroporto e rodoviária e participa de ato no INSS

A terça-feira (5/12) de Greve Geral começou com muita mobilização para o Sindjus-DF, que desenvolve e participa de várias atividades contra o desmonte da Previdência e em defesa dos direitos dos servidores públicos.

Às 7h o sindicato, sob a coordenação do diretor Roberto Jovane, já recepcionava parlamentares no Aeroporto JK, com cartazes, faixas e outros materiais que denunciam as mentiras que o governo tem contado em suas campanhas publicitárias a favor da Reforma da Previdência. Até mesmo instrumentos musicais foram utilizados para chamar atenção de deputados e senadores, além de passageiros e trabalhadores do local.

Também nesta manhã foi feita uma panfletagem na Rodoviária do Plano Piloto. O objetivo é conscientizar a população sobre as mentiras do governo e a importância da união de servidores públicos e trabalhadores da iniciativa privada para preservar direitos básicos, como a aposentadoria. Não podemos aceitar a retirada de direitos e todos devem estar cientes de que é nossa união que fará a diferença, pois nosso inimigo é um só: o governo que tira mais e mais dos trabalhadores e perdoa dívidas dos grandes sonegadores e devedores.

Das 11 às 13h, o Sindjus-DF participou de um ato em frente ao prédio do INSS. Mais uma vez, dirigentes, delegados sindicais e servidores protestaram com faixas e cartazes. Os coordenadores Costa Neto e Chico Vaz estiveram presentes ajudando a fortalecer o movimento que conseguiu impactar e dar o nosso recado: Não à Reforma da Previdência.

Hoje é um dia de luta, de muita ação e mobilização. E logo mais, às 14h, haverá concentração em frente ao Museu da República, na Esplanada dos Ministérios, para mais um ato unificado contra a Reforma da Previdência.

Todos estão convocados.






🔥11 Total de Visualizações