Empréstimo consignado, vacina e demandas da polícia judicial são assuntos abordados em reunião entre o Sindjus-DF e o diretor-geral do TRT

Em reunião com o diretor-geral do TRT-10, Rafael Bellinello, o Sindjus-DF, representado pelo coordenador jurídico Cledo Vieira, e a Associação dos Servidores do TRT 10ª Região (ASDR), representado por Almerindo de Souza, trataram de temas relevantes para categoria como: empréstimo consignado, vacina e demandas da polícia judicial.

Sobre o empréstimo consignado, o diretor-geral do TRT-10 informou que o órgão tem o entendimento no sentido de fazer nova resolução de acordo com a lei nº 14.131, que ampliou a margem do crédito consignado de 35% para 40%, sendo que 5% deverá ser destinado para cartão de crédito.

A previsão é que o TRT da 10ª Região siga a mesma a medida adotada pelo TST, no sentido de automatizar os sistemas para tornar o processo de concessão de crédito automático. Além disso, vale ressaltar que hoje existem duas margens – a de 70% que é sobre a remuneração total e a de 35%, com o aumento de 5%. Se a de 70% estiver comprometida, não é possível pegar um novo consignado.

O Sindjus-DF e a ASDR pediram a Rafael Bellinello que providenciasse proposta de alteração da resolução o mais rápido possível, para que constasse a autorização da consignação aprovada em lei.

Sobre as vacinas, o diretor-geral do TRT-10 informou que os servidores serão vacinados contra a H1N1 nos próximos dias.

Ainda durante a reunião, o Sindjus-DF recebeu notícia positiva sobre Polícia Judicial. O presidente do tribunal deferiu o requerimento do Sindicato e da ASDR no sentido de devolver as parcelas de Previdência que tinham sido depositadas pelos servidores e que não vão poder ser contabilizadas para aposentadoria. O diretor-geral se comprometeu a realizar essa devolução, se possível, no mês de maio.

” Queremos mais uma vez agradecer ao nosso presidente, Dr. Brasilino Santos, e ao nosso diretor-geral por todo apoio nas nossas demandas”, enalteceu Cledo Vieira.

🔥209 Total de Visualizações