Vitória da categoria: CNJ acata pedido do Sindjus-DF de participação na Comissão de Carreira

Os coordenadores Costa Neto e Cledo Vieira se reuniram com o Coordenador do Fórum Permanente de Carreira, conselheiro Luiz Fernando Bandeira de Mello Filho, que confirmou o assento do Sindjus-DF e o início dos trabalhos da Comissão para o dia 19/5 (quarta-feira)

reunião do dia 10/05

No final da manhã desta segunda-feira (10/5), os coordenadores Costa Neto e Cledo Vieira estiveram reunidos com o conselheiro do CNJ e coordenador do Fórum Permanente de Gestão da Carreira dos Servidores do PJU, Luiz Fernando Bandeira de Mello Filho, que anunciou na ocasião o deferimento do pedido do Sindicato para integrar oficialmente o Fórum na qualidade de membro efetivo.

A primeira reunião com Bandeira de Mello ocorreu no dia 16 de março, momento em que se discutiu a inclusão do Sindjus-DF no Fórum Permanente e foram apresentadas as principais demandas da categoria, gerais e específicas de cada segmento da carreira. Na oportunidade, Costa Neto detalhou esses pontos e mostrou a importância e necessidade da participação do Sindjus-DF na Comissão.

registro da primeira reunião

Os trabalhos do Fórum começarão na manhã do dia 19 de maio (quarta-feira), já com a participação do Sindjus-DF, quando será realizada a primeira reunião deste importante espaço de debate. Segundo Bandeira de Mello, o Fórum não tem natureza deliberativa, mas pode ajudar a encontrar soluções para diversos problemas. Inclusive, o conselheiro responsável pelo Fórum já solicitou que o Sindjus-DF encaminhe, como sugestão de pauta, os primeiros itens a serem discutidos.

Na ocasião, foi informado que os membros do Sindjus-DF no Fórum serão o coordenador-geral Costa Neto e o coordenador de Assuntos Jurídicos, Cledo Vieira, como titular e suplente.

Deste modo, a base do nosso Sindicato (DF, AC, RO, RR e TO), passa a ter voz e voto garantidos no Fórum Permanente de Gestão de Carreira dos Servidores do PJU, que foi criado em atendimento a uma reivindicação antiga do Sindjus-DF, que pleiteava um espaço como esse para discutir pontos fundamentais referentes à atualização da carreira e a recomposição salarial dos servidores.

Costa Neto agradeceu ao conselheiro Bandeira de Mello pelo compromisso firmado com o Sindjus-DF, garantindo a participação do maior Sindicato da nossa categoria neste Fórum. “Vamos participar e estabelecer um amplo diálogo, visando a construção de melhorias à nossa categoria, dando todo o respaldo necessário para que o Fórum avance em discussões importantes e necessárias a todos nós”, afirmou Costa Neto.

Costa Neto na reunião do dia 10/05

Importante frisar que diferente das outras ocasiões, em que a comissão foi instalada pelo STF, desta vez a coordenação está com o CNJ. O Sindjus-DF já havia se reunido com a antiga coordenadora do Fórum, a então conselheira Maria Cristiana Ziouva, e com o secretário-geral e o diretor-geral do CNJ.

Dando prosseguimento à instalação do Fórum, o conselheiro Bandeira de Mello, que tomou posse no dia 23 de fevereiro, assumiu essa destacada coordenadoria e acolheu o justo pleito do Sindjus-DF neste trabalho que vai traçar o futuro da nossa categoria.

Lembrando que o Sindjus-DF se coloca à disposição de toda a categoria, bem como dos sindicatos e entidades parceiras para debater conjuntamente e a fundo todos os pleitos da nossa categoria e encaminhá-los junto ao Fórum de Carreira. Por meio do Sindjus-DF, todos terão voz e a certeza de que nossas demandas estarão recebendo a atenção e defesa devidas.

Defendemos, entre outros temas, que o Fórum se debruce sobre a proposta de um novo plano de cargos e salários, com reposição das perdas inflacionárias, definição de carreira típica de estado às carreiras do PJU e MPU, direito de advogar para servidores com registro na OAB, tornar compatível o exercício da profissão em sua área aos engenheiros, contadores e profissionais de áreas técnicas e reenquadramento dos auxiliares remanescentes. Em relação ao NS, como o tema já foi aprovado na comissão anterior, a defesa do Sindicato é pelo encaminhamento imediato de anteprojeto de lei ao Congresso Nacional. Depois da criação da Polícia Judicial, o Sindjus-DF também articula o envio de anteprojeto de lei para alterar a Lei 11416/2006, de modo a consolidar a polícia judicial.

Sindjus-DF: a categoria em primeiro lugar!

🔥1.2 K Total de Visualizações