Em reunião com Amatra10, Sindjus-DF articula adiamento da análise da reestruturação da Justiça do Trabalho

Dando prosseguimento à rodada de reuniões para tratar da reestruturação da Justiça do Trabalho, a diretoria do Sindjus-DF participou, nesta quinta-feira (24/6), de reunião com o presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 10ª Região, Cristiano Siqueira de Abreu e Lima, para traçar estratégias para adiar a análise da alteração na resolução 63/2010.

Durante o encontro, os diretores do Sindjus-DF manifestaram preocupação com os efeitos decorrentes das possíveis mudanças que virão com a reestruturação da Justiça do Trabalho, tais como redução de funções gratificadas para a área meio, sobrecarga de trabalho para os servidores da 1ª instância, desestímulo dos servidores e risco de diminuição de rendimento no desempenho das suas tarefas.

Os diretores ainda apontaram o desconforto que as mudanças trarão às famílias dos servidores, em função de possíveis remoções, decorrentes de extinção de varas, além da precarização da prestação jurisdicional face o distanciamento entre a comunidade e as varas trabalhistas em algumas localidades.

O presidente da Amatra10 se solidarizou com as preocupações manifestadas pelos diretores do Sindjus-DF e se comprometeu em somar esforços para que a apreciação da Resolução de reestruturação proposta seja adiada, até que se faça um debate mais aprofundado entre as partes envolvidas e, consequentemente, afetadas por esse tão delicado e complexo processo de reestruturação da Justiça Trabalhista.

Participaram do encontro o coordenado-geral do Sindicato, Chico Vaz, o coordenador jurídico Cledo Vieira e o diretor Almerindo Pinheiro de Souza, que também é presidente da Asdr.

🔥129 Total de Visualizações