Sindjus-DF, Sindilegis e Centrais Sindicais celebram vitória na luta para barrar a PEC 32

Cerca de 40 parlamentares participam de ato e confraternização da classe trabalhadora organizados pelo Sindjus-DF, Sindilegis, Centrais Sindicais e outras entidades

Aproximadamente 40 parlamentares participaram, na noite da última quarta-feira (15/12), do ato e confraternização da classe trabalhadora, que foram organizados pelo Sindjus-DF, Sindilegis, Centrais Sindicais e outras entidades. O evento aconteceu no Salão da Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal do DF (APCEF) e, além de garantir o congraçamento e celebração, o encontro também foi palco de reflexão sobre o trabalho desenvolvido ao longo do ano de 2021 em defesa dos servidores e do serviço público.

As entidades envolvidas na organização do evento celebraram as conquistas em torno da luta para barrar a PEC 32/2020. Os parlamentares elogiaram a unidade na atuação das entidades e a participação efetiva dos servidores nas mobilizações, fato importante e que foi fundamental para suspender a apreciação da proposta na Câmara dos Deputados.

Para o presidente da Frente Parlamentar Servir Brasil, deputado professor Israel Batista (PV-DF), a união das entidades garantiu a vitória contra a Reforma Administrativa. “A articulação entre as categorias fortalece uma luta que é de todos. Com uma democracia mais forte e um Brasil mais justo, todos saem ganhando”, avaliou.

Para a deputada Alice Portugal (PCdoB-BA), a estratégia de mobilizações adotada pelas categorias foi fundamental para a vitória parcial contra a proposta. “Todo o movimento organizado pelos trabalhadores, seja com as manifestações nos aeroportos, em frente aos anexos da Câmara, na internet, foi fundamental para barrar as investidas do governo. É essencial que esse esforço conjunto continue no ano que vem”.

Entre os parlamentares presentes, também estiveram o deputado André Figueiredo (PDT-CE), o deputado Luiz Carlos Motta (PL-PR) e a deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR).

Ao todo, 22 entidades participaram da organização do evento. Para o coordenador-geral do Sindjus-DF, Costa Neto, o ato simbolizou, mais uma vez, a união entre as entidades e demonstrou que os sindicatos do serviço público vem se fortalecendo a cada dia e trabalhando conjuntamente com as entidades representativas dos trabalhadores da iniciativa privada. “Não estamos falando apenas de servidores públicos. Estamos falando dos trabalhadores brasileiros. Estamos nos unindo em um novo movimento, e ficando cada vez mais fortes para atuar contra retirada de direitos da população brasileira,” pontuou Costa Neto.

🔥213 Total de Visualizações