Frente Servir Brasil apresenta balanço da atuação e inclui novos membros à bancada

Passaram a integrar a Frente a deputada Lídice da Mata e o senador Fabiano Contarato

A Frente Parlamentar Servir Brasil apresentou, nesta quarta-feira (25/5), durante almoço com a presença de entidades e parlamentares, o seu balanço de atuação dos últimos dois anos.

Presentes no evento o coordenador-geral do Sindjus-DF Costa Neto, a coordenadora de Administração e Finanças Ednete Bezerra e o presidente do Sindilegis Alison Souza, além de representantes de outras entidades que compõem o conselho curador da Frente Servir-Brasil.

Sob a coordenação do deputado professor Israel Batista (PV-DF), a Frente destacou sua atuação em lutas importantes como, por exemplo, contra a Reforma da Previdência e o combate à PEC 32/2020, bem como na defesa da recomposição salarial dos servidores e quanto aos diversos estudos realizados acerca do Serviço Público.

“Já são mais de 40 estudos publicados e pelo menos 25 deles publicados em parceria com entidades como o Fonacate e outras integrantes da Frente Parlamentar Servir Brasil”, pontuou o coordenador da Frente.

Professor Israel Batista ainda falou sobre a Reforma Administrativa, que embora esteja parada na Câmara dos Deputados, ainda é uma sombra que ronda o Serviço Público. Sobre o assunto, o deputado assegurou que a Frente está pronta para contribuir com toda capacidade técnica e ofertar um novo texto que fortaleça o serviço público e valorize os servidores.

O almoço ainda foi palco para apresentação dos novos integrantes da bancada da Servir da Brasil: a deputada Lídice da Mata (PSB-BA) e o senador Fabiano Contarato (PT-ES). Os parlamentares irão assumir, respectivamente, as coordenações de Mandato Classista e Assédio Institucional da Frente.

A deputada assegurou irrestrito apoio às articulações da Servir Brasil e ao Serviço Público brasileiro. “Contem comigo nessa batalha liderada pelo professor Israel. Sinto-me muito feliz com a participação dele na luta em defesa do servidor público, do Serviço Público e em defesa da população”, disse a deputada.

O senador Fabiano Contarato disse estar presenciando um ataque sistêmico às instituições públicas e se comprometeu a atuar para resguardar os direitos dos servidores. “Antes de ser senador eu sou servidor público. Quando se criminaliza o servidor público a gente criminaliza o nosso maior destinatário que é a população brasileira”, disse o parlamentar.

Diversos parlamentares ainda marcaram presença no encontro, entre eles o líder do PSB na Câmara, deputado Bira do Pindaré (MA), o deputado Paulo Teixeira (PT-SP), Vivi Reis (PSOL-PA), Erika Kokay (PT-DF), Zé Neto (PT-BA),  Rodrigo Agostinho (PSB/SP), Carlos Veras (PT/PE) e Herculano Passos (Republicanos/SP).

🔥382 Total de Visualizações