Sindjus se reúne com chefe de gabinete do senador Luiz Carlos Heinze para tratar do NS

Os coordenadores do Sindjus Abdias Trajano, Chico Vaz, Júlio Horta e Sônia Cardoso reuniram-se, na manhã desta quarta-feira (17/8), com o chefe de gabinete do senador Luis Carlos Heinze (Progressistas-RS), Claudio Santa Catarina, para tratar do PL 3662/2021, solicitando apoio do senador à aprovação do NS. Também participaram da reunião, a servidora Elizabete, do STJ, e o servidor Nilton Verlindo, que trabalha na 4ª Vara da Subseção de Passo Fundo (RS). O senador não pode estar presente na reunião em razão de compromissos da agenda eleitoral.

O coordenador-geral Abdias Trajano fez uma explanação geral sobre o PL 3662/21, de iniciativa do TJDFT, frisando que a emenda aprovada na Câmara dos Deputados, referente à adoção do NS para técnicos judiciários não trará aumento de despesas nem equiparação salarial entre técnicos e analistas.

Chico Vaz, que é coordenador-geral do Sindjus, afirmou que, atualmente, existem cerca de 80 mil técnicos judiciários em todo Brasil e que essa alteração no nível de escolaridade do cargo já foi feita com sucesso em outras carreiras, como na Polícia Rodoviária Federal e na Polícia Militar do DF.

Para a coordenadora de Integração Sociocultural Sonia Cardoso, a maior preocupação no momento é com a extinção do cargo. O NS, na visão dela, é justamente para evitar que o cargo se torne obsoleto.

O coordenador de Formação e Relações Sindicais Júlio Horta sugeriu que o chefe de gabinete consultasse o último concurso público do TJDFT para verificar que as exigências feitas para o cargo de técnico judiciário são, em grande parte, de nível superior, contendo, por exemplo, matérias de direito constitucional e administrativo. “O próprio edital já justifica o nosso pleito”, afirmou o dirigente.

Cláudio Santa Catarina ouviu atentamente todas as considerações e afirmou ter solicitado nota técnica sobre o PL 3662 à Consultoria do Senado, que deve ficar pronta na próxima semana. Ficou de repassar essa nota ao Sindjus. Afirmou ainda que podem contar com o empenho do senador Luiz Carlos Heinze e do gabinete à aprovação do NS.

🔥607 Total de Visualizações