Presidente do STM é o primeiro a manifestar apoio à aprovação do relatório de Policarpo

Em reunião com o presidente do STM, almirante-de-esquadra Álvaro Luiz Pinto, o coordenador-geral do Sindjus, Berilo Leão, e o deputado federal Policarpo (PT/DF), discutiram na manhã desta quarta-feira (8) as bases do relatório de Policarpo ao PL 6613/2009, que trata da revisão do Plano de Cargos e Salários dos servidores do Judiciário.

Policarpo expôs e explicou seu relatório ao presidente, baseado na equiparação salarial com outras carreiras do Executivo e Legislativo, por meio do aumento da GAJ e da redução para 13 padrões a tabela. Um dos questionamentos feito pelo almirante foi no sentido de que se essa redação beneficiaria todos os servidores. Diante da resposta foi afirmativa, mostrou-se bastante receptivo ao relatório.

Berilo comentou sobre a inexistência de uma interlocução do Poder Judiciário com o governo. Citou como exemplo o jantar que os ministros do STF tiveram recentemente com a presidenta Dilma. Na ocasião, ninguém tocou no assunto da aprovação do PL 6613. Ainda nessa linha de raciocínio, disse que Peluso tem recebido juízes para tratar do reajuste salarial da magistratura. Disse que a alternativa para os servidores é contar com o apoio dos tribunais que assinaram o envio do PL 6613 para garantir a aprovação do relatório de Policarpo.

Álvaro Luiz afirmou que não pode haver diferença de tratamento entre as causas dos servidores e dos magistrados. Para reforçar sua opinião, comentou que na Marinha, por exemplo, um aumento beneficia desde a patente mais alta até a mais baixa, sem distinção. Dessa forma, empenhou seu apoio e ainda, comprometeu-se a conversar com Peluso no intuito de ajudar ainda mais na aprovação do PL 6613/2009.

🔥24 Total de Visualizações