Pressão garante sessão do Congresso Nacional em 2 de agosto que pode votar PLN 3/16

Foto: Fenajufe

Fenajufe e sindicatos de base, acompanhados de chefes de cartórios de vários estados, passaram a semana fazendo pressão no Senado Federal para que fosse convocada uma sessão conjunta do Congresso Nacional que pudesse apreciar o PL 3/16, garantindo, com isso, a verba necessária à implementação da isonomia entre os chefes de cartórios eleitorais (Lei 13.150/15). Após várias conversas feitas com senadores, líderes partidários e com o próprio presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), veio a confirmação de que no dia 2 de agosto haverá sessão do Congresso e que o PLN 3 consta da pauta de votação.

A atuação, no entanto, foi toda voltada para garantir que a sessão acontecesse ainda esta semana, após a apreciação da Lei de Diretrizes Orçamentária de 2017 na Comissão Mista de Orçamento (CMO). Na quarta-feira (13), dirigentes sindicais estiveram com Renan Calheiros, que os informou que a sessão do Congresso seria convocada somente depois da aprovação da LDO. No entanto, a reunião da CMO prevista para a tarde daquele dia foi cancelada, acontecendo somente no dia seguinte, quinta-feira (14), mas sem votar o texto completo do orçamento de 2017. Com isso, não houve convocação do Congresso Nacional para antes do recesso parlamentar.

Segundo a Fenajufe, mesmo com a sessão conjunta prevista para 2 de agosto, a pressão em cima dos parlamentares deve continuar nas próximas semanas. A entidade está orientando que os chefes de cartórios procurem os deputados e senadores nos estados para garantir o apoio necessário à aprovação do projeto que remaneja verbas na Justiça Eleitoral.

Com informações da Fenajufe

🔥17 Total de Visualizações