Sindjus-DF se reúne com Administração do TSE e trata de diversas demandas da categoria

Os coordenadores do Sindjus-DF Abdias Trajano, Cledo Vieira, Costa Neto e Paulo Cesar, juntamente com a presidente da Assertse, Angélica Pieroni, estiveram, nesta terça-feira (09/10), no TSE, conversando com a coordenadora de pessoal, Zélia Oliveira de Miranda, e com o secretário de Orçamento e Finanças, Rui Moreira de Oliveira.Os dirigentes informaram da necessidade do TSE encaminhar o quanto antes os relatórios sobre as ações de devolução do Imposto de Renda sobre o RRA e também sobre o Auxílio Creche. A Diretora de Pessoal informou que já está preparando o relatório, comprometendo-se a entregá-lo até o dia 30 de outubro.O grupo também debateu sobre o horário especial para servidores com deficiência e servidores que têm dependentes com deficiência. Atualmente, o TSE defere administrativamente pedidos de jornada especial de 5h. No entanto, o Sindjus-DF vai entrar com requerimento administrativo, pois a jurisprudência reconhece que essa jornada é de 4h. Foi solicitado o apoio da administração à demanda.O coordenador-geral Costa Neto discorreu sobre o NS, informando que esteve recentemente no Supremo Tribunal Federal e o DG se comprometeu a fazer a reabertura da mesa de negociação, encaminhando o que já foi aprovado para o Colégio de Diretores Gerais e, em seguida, para os presidentes dos tribunais superiores e do TJDFT e, na sequência, para o Pleno do STF aprovar o envio de anteprojeto de lei próprio ao Congresso Nacional. Essa comissão também dará continuidade ao debate permanente de carreira e encaminhamento futuro de um novo plano de carreira.Explicou ainda que o NS é uma demanda antiga da categoria e que já foi aprovada em todas as instâncias da Fenajufe e do Sindjus-DF. Os dirigentes pediram ajuda da Direção do TSE no sentido de encampar essa luta e de se manifestar favorável à demanda na reunião de diretores gerais.

🔥46 Total de Visualizações