Sindjus-DF se reúne com SG do TRF1 para discutir reenquadramento dos auxiliares

 


Nesta segunda-feira (1º/3), os coordenadores do Sindjus-DF Chico Vaz e Costa Neto, juntamente com o servidor Auxiliar Judiciário André Rocha, reuniram-se virtualmente com o secretário-geral do TRF-1, Cleberson José Rocha, para discutir a situação dos Auxiliares do Tribunal Regional Federal da Primeira Região e das Seções Judiciárias a ele vinculadas, que ainda não foram reenquadrados.

Importante destacar que o Sindjus-DF está há anos trabalhando com afinco para reverter a injustiça cometida com os auxiliares remanescentes em todo o País, que não foram reenquadrados pela Lei 12774/12, que promoveu alteração na Lei n. 11.416/2006. Os coordenadores discorreram sobre os prejuízos salariais que esses colegas estão acumulando durante todo esse tempo, defendendo, portanto, um tratamento isonômico, visto que há casos de servidores que trabalham lado a lado exercendo as mesmas funções e alguns foram reenquadrados e outros não. É uma situação que ultrapassa a questão financeira, pois tem gerado ansiedade e afetado a autoestima desses servidores que se sentem preteridos.

Os representantes do Sindjus-DF enfatizaram a necessidade de elaboração de Projeto de Lei para corrigir essa distorção, pedindo o apoio do SG para que essa demanda seja acolhida pelo órgão no sentido de abraçar a causa e fazer gestões junto ao CNJ para encaminhá-la ao Congresso Nacional. Cléberson Rocha se mostrou bastante receptivo à causa, comprometendo-se a discutir esse assunto com o presidente do TRF1 e com a assessoria do tribunal.

O Sindjus-DF tem tratado dessa questão com vários órgãos, como em reunião recente com o presidente do TRT10, e já discorreu sobre essa realidade com o diretor-geral do CNJ e a coordenadora da comissão de carreira criada pelo Conselho Nacional de Justiça para discutir as demandas da categoria.

🔥176 Total de Visualizações