Fruto de muita mobilização, votação da PEC 32 é adiada

Em mais um ato no Anexo II da Câmara dos Deputados, Sindjus-DF e entidades de todo o país mostram força e pressionam parlamentares a votar contra a PEC 32. Próxima semana é decisiva.

O Sindjus-DF está nesse momento realizando ato em frente ao Anexo II da Câmara dos Deputados contra a Reforma Administrativa, cuja proposta estava previsto para ser votada hoje (16/09), na comissão especial, que é o último passo antes da chegada do texto ao Plenário da Casa.

Com relação ao substitutivo apresentado pelo relator, deputado Arthur Maia (DEM/BA), na terça-feira (14/09), o Sindjus-DF havia trazido uma análise detalhada sobre esse material (clique AQUI), mas o relator apresentou complementação de voto, retirando a possibilidade de redução de jornada e salários em até 25%, que era um ponto duramente combatido pelo Sindicato. No entanto, o relator manteve os absurdos que atentam contra a estabilidade do servidor público.

Pouco antes das 12h, o Sindjus-DF teve acesso à informação de que essa complementação de voto foi retirada pelo relator e um novo texto será apresentado até a noite de sexta-feira (17/09). Portanto, não haverá votação hoje da PEC 32/2020.

Após muita pressão e mobilização das entidades e parlamentares contrários à PEC 32, o presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP/AL) recuou da intenção de colocar a matéria em votação no dia de hoje, ao se reunir com o presidente da comissão, deputado Fernando Monteiro (PP-PE), e o relator, Arthur Maia. Avaliaram que não há como garantir a aprovação da PEC, que precisa de, no mínimo, 308 votos favoráveis no Plenário, em votação em dois turnos. Dessa forma, decidiram pelo adiamento das decisões. A votação ocorrerá na próxima terça (21/09). Caso seja aprovada, ela vai para pauta do Plenário já no dia seguinte.

“Ganhamos um tempo valioso para intensificar ainda mais nossa mobilização, que já vem dando resultado. Se não fosse o nosso movimento de resistência, a Reforma Administrativa já teria sido aprovada. No entanto, nós continuamos em campo, com força total, contra o desmonte dos serviços públicos e em defesa da sociedade”, afirmou Costa Neto, diretamente do interior da Câmara dos Deputados, onde está acompanhando todas as movimentações relacionadas à PEC 32 e conversando com parlamentares em busca de apoio para barrar esse ataque ao funcionalismo e à população brasileira em geral.

Fique atento às novas informações sobre a tramitação da PEC 32 e às convocatórias do Sindjus-DF. Participe dos atos e mobilizações.

🔥109 Total de Visualizações