Policial Judicial Coordenador do Sindjus ministra curso de capacitação em Segurança de Dignitários à PRF

De 18 a 22 de julho, o Policial Judicial lotado no STF e Coordenador de Assuntos Jurídicos do Sindjus,
Igor Mariano, e o policial judicial lotado no TRT-14, Gérner Matos, ministraram curso de capacitação com carga horária de 35 horas a policiais do Comando de Operações Especializadas – Norte, da PRF. Tal feito enfatiza a importância da Polícia Judicial, que vem se tornando um referencial para o treinamento das grandes instituições de Segurança Pública na área de Segurança de Dignitários.

O que foi apresentado durante esse estágio é uma nova concepção doutrinária sobre o tema, conceituando e demonstrando as diferenças entre a segurança de dignitários e a segurança de autoridades, com as respectivas repercussões operacionais.

Segundo os instrutores, a principal premissa dessa nova abordagem é o respeito à singularidade do protegido, fornecendo previsão procedimental de limites e parâmetros operacionais que transportam a adaptabilidade, que já é princípio ordinário da segurança de dignitários, para uma nova dimensão, onde o respeito às particularidades do VIP permite ajustes finos das medidas previstas nos níveis de proteção.

A referida adaptação doutrinária em segurança de dignitários, que vem sendo desenvolvida pela Polícia Judicial nos últimos anos, é, nas palavras do coordenador do Sindjus e Instrutor Igor Mariano “uma das principais responsáveis pela consolidação da nossa carreira junto à magistratura de cúpula, espaço onde ganhamos respeito e credibilidade nunca dantes vistos. É a potencialização da nossa vocação, onde somos referência, e é nisso que as grandes instituições estão interessadas”.

Ainda segundo Igor Mariano “todas as pessoas são singulares, de modo que tratar dignitários ou autoridades como objetos de proteção sem qualquer particularidade, mesmo que sob o argumento da proteção, é uma forma de subtrair-lhes a humanidade”.

Durante a capacitação, que ocorreu em Porto Velho – RO, os policiais rodoviários federais tiveram acesso a aspectos teóricos e práticos sobre o tema; com a apresentação de técnicas operacionais de proteção e formações básicas para deslocamento a pé e em comboio de viaturas; técnicas de contra-emboscada e aplicação do PRR (proteção, retirada e reação) em casos de atentados à célula de segurança; armamento e tiro no contexto de segurança de dignitários e exercício final com simulação de planejamento e execução de uma operação completa.

Policial Judicial há 30 anos lotado na Justiça do Trabalho, Gérner destacou que o treinamento ressalta o reconhecimento e valorização que outras forças policiais têm pela polícia judicial. “O curso foi muito bom, recebemos essa honraria por estar capacitando a PRF com o curso de segurança de dignitários, fruto de um know-how que a categoria possui na atividade, especialmente na proteção de ministros e magistrados”, registrou.

Fortaleça seu Sindicato. Filie-se ao Sindjus!

🔥923 Total de Visualizações