Café com Política entrevista novos candidatos ao Congresso Nacional que firmam compromisso de lutar pelo Serviço Público

O Sindjus e o Sindilegis receberam novos candidatos em busca de apoio às demandas dos servidores

Em mais uma semana intensa de trabalhos em busca de apoio às pautas dos servidores públicos, o Sindjus, juntamente com o Sindilegis, por meio do projeto Café com Política, receberam novos candidatos do Distrito Federal aos cargos de deputado federal e senador. As entidades estão estreitando relações com os candidatos que têm maiores chances de se elegerem e buscando o comprometimento deles com as pautas do interesse do Serviço Público e da sociedade brasileira.

O evento é dividido em duas partes. Em um primeiro momento o candidato é entrevistado sobre os temas do interesse dos servidores, onde se busca conhecer a posição do político sobre as pautas. Em seguida, é realizado um café para que os dirigentes sindicais possam explicar aos candidatos cada uma das demandas. Todas as entrevistas podem ser conferidas no canal do Youtube do Sindjus.

No último dia 1º de setembro, o Café com Política entrevistou o candidato ao Senado Federal pelo PDT Joe Valle, que, com muita desenvoltura, não se furtou a responder nenhuma das perguntas feitas sobre as pautas do interesse dos servidores. O candidato se comprometeu a trabalhar para que os servidores públicos sejam valorizados.

“Quem mantém a política de Estado é o servidor. Precisamos reconhecer a importância deles e valorizá-los. Precisamos resgatar essa condição de Estado servidor, por paixão, por vocação. Reformar não é diminuir, não é tirar direitos, mas melhorar as condições e a vida das pessoas. Eu quero defender essas bandeiras do servidor público olhando para as pessoas e sabendo que são elas que constroem. Queremos que o servidor público possa fazer a revolução, estando feliz e trabalhando em um lugar que seja adequado”, disse.

Ainda no dia 1º de setembro as entidades entrevistaram o candidato a deputado federal pelo Novo Paulo Roque, que afirmou, caso eleito, que fará um mandato pautado na ética, transparência e conexão com a realidade do cidadão. O candidato ainda assegurou que irá buscar estabelecer diálogo com os servidores públicos.

“Não estarei na Câmara para perseguir os servidores. Eu assumo o compromisso de dialogar com os servidores e serei o canal de vocês. Eu quero os servidores comigo”, disse. “Eu sou a favor de um Estado eficiente, que assegure a estabilidade dos servidores, que realize uma avaliação de desempenho séria e garanta melhores entregas para a população”, completou.

No último dia 13 de setembro foi a vez do Café com Política receber a candidata à reeleição como deputada federal pelo Partido dos Trabalhadores Érika Kokay. A PEC 32 foi duramente criticada pela candidata, que classificou a proposta como “perseguição aos servidores públicos”. A candidata assegurou que continuará atuando contra a reforma administrativa.

“A PEC 32 é a constitucionalização do Estado a serviço de um governante. E ainda bem que temos instituições que atuam para que nós possamos desconstruir isso, buscando colocar o Estado a serviço do povo”, disse.

Continue acompanhando a página do Sindjus para conhecer as propostas dos demais candidatos do Distrito Federal ao Congresso Nacional.

Fortaleça o seu Sindicato. Filie-se ao Sindjus!

🔥70 Total de Visualizações