Escala da Polícia Judicial é destaque de encontro promovido pelo Sindjus

Nesta terça-feira (1/8), o Sindjus promoveu um importante encontro com os policiais judiciais no STJ, visando ouvir suas demandas essenciais e debater questões cruciais relacionadas à categoria. Dentre os temas discutidos estavam a escala de trabalho, a aprovação do PL 2447/2022, que busca regulamentar as atividades da Polícia Judicial, além da questão dos adicionais em virtude do desempenho da atividade e outros pontos relevantes para a categoria.

Durante o encontro, o tema da escala de trabalho ganhou destaque, com os policiais judiciais demonstrando insatisfação com o atual modelo implantado de 12×36, que foi avaliado como ultrapassado e extremamente nocivo pelos participantes. Esse aspecto tem sido um ponto sensível para a categoria, afetando diretamente a qualidade de vida e o desempenho nas atividades profissionais.

Diante do que foi sinalizado pela categoria, a diretoria do Sindjus prometeu traçar estratégias para garantir que estes servidores tenham uma escala de trabalho compatível com a complexidade das atribuições, humanizada e sem abusos.

“O Sindjus está empenhado em buscar alternativas e soluções para essa questão, trabalhando em conjunto com os policiais judiciais, a fim de alcançar um modelo de escala mais adequado e condizente com as necessidades e realidades da categoria. Acreditamos que, com a participação ativa dos filiados e a união de esforços, poderemos encontrar caminhos para melhorar a situação dos profissionais e promover uma Polícia Judicial mais eficiente e valorizada”, avaliou Costa Neto, coordenador-geral do Sindjus.

O coordenador-jurídico do Sindjus Igor Mariano destacou que a rotina dos policiais judiciais é intensa e demanda disponibilidade contínua para atender às demandas do Poder Judiciário. Segundo ele, o modelo atual de 12×36 tem se mostrado inviável, inadequado e desgastante.

“Durante a assembleia, tivemos a oportunidade de expor nossa insatisfação com essa questão e dialogar sobre alternativas que possam trazer melhorias para a categoria. Estamos unidos nessa causa e confiantes de que poderemos conquistar avanços significativos para nossa categoria”, disse.

Ações futuras em defesa da Polícia Judicial

Diante das demandas apresentadas e das discussões realizadas na assembleia, o Sindjus e os policiais judiciais definiram ações futuras em prol da categoria. Ficou acordado que serão colocadas em prática medidas efetivas para defender os interesses dos policiais judiciais e buscar soluções para as demandas apresentadas.

O coordenador-geral do Sindjus, Chico Vaz, destacou a importância da participação ativa dos filiados nas discussões e reafirmou o compromisso do sindicato em lutar por melhorias e valorização dos servidores do Poder Judiciário, em especial dos policiais judiciais.

“A participação expressiva dos policiais judiciais na assembleia reforça o comprometimento da categoria em buscar soluções para as questões que impactam seu trabalho e suas condições de trabalho. O Sindjus está empenhado em dar voz aos servidores do Poder Judiciário e trabalhar em conjunto para alcançar melhorias significativas para todos”, afirmou.

Orgulho de ser Sindjus. Filie-se e fortaleça o seu Sindicato.

🔥919 Total de Visualizações