Sindjus-DF e Assejufe intensificam trabalho junto aos desembargadores e DG do TRF1 para tratar do horário de funcionamento do Tribunal

Depois de enviar ofícios para o presidente do TRF1 e membros do Conselho de Administração da Corte, de se reunir com o Diretor-Geral e de realizar assembleia setorial com os servidores, o Sindjus-DF e a Assejufe têm feito visitas aos desembargadores do Tribunal Regional Federal da 1ª Região para tratar do processo SEI 0029309-93.2019.4.01.8000, que dispõe sobre alterações no ponto eletrônico e horário de funcionamento do tribunal. Além disso, as entidades se reuniram novamente com o DG do TRF1, que enfatizou mais uma vez que as alterações no ponto eletrônico não se aplicam aos servidores que não possuem cargos em comissão e que levará novamente ao presidente as reivindicações dos servidores quanto à maior flexibilização da proposta de horário de funcionamento do tribunal.
 
Nas visitas aos desembargadores, as entidades estão levando as reivindicações tiradas em assembleia setorial (veja matéria AQUI), bem como o sentimento de apreensão e preocupação dos servidores com a adoção de medidas sem o devido debate e discussão interna, em prejuízo daqueles que se adequaram ao horário atual e terão suas rotinas de vida e de trabalho totalmente alteradas com a redução drástica no horário de funcionamento do tribunal. Solicitam, dentre outros pontos, que a matéria seja encaminhada para apreciação da nova gestão, recém eleita, para maior aprofundamento do tema e cuja deliberação somente se dê após a realização de estudo fundamentado, ouvindo os servidores e prestados os devidos esclarecimentos a todos os interessados (magistrados, servidores e jurisdicionados), de modo a se viabilizar ajustes e alterações na proposta original que contemplem as reivindicações dos servidores daquela Corte.
Na sessão Administrativa do dia 06 de fevereiro, o Presidente do TRF1 retirou o processo SEI 0029309-93.2019.4.01.8000 de pauta, em atendimento à solicitação do Sindjus-DF e da Assejufe. Por outro lado, em que pese não tenha sido incluída na pauta da sessão do último dia 20, a matéria poderá retornar ao Conselho e vir a ser objeto de análise na próxima sessão, prevista para acontecer no dia 5/3.
 
Nesse sentido, destacamos a importância de todos permanecerem atentos e mobilizados, prontos para atender aos chamados do Sindjus-DF e da Assejufe para retomada do debate acerca da condução e encaminhamento das reivindicações.
 
Sindjus-DF e Assejufe juntos em defesa dos interesses dos servidores do TRF1.
🔥325 Total de Visualizações